COMO PASSEI NO MEU PRIMEIRO CONCURSO AOS 19 ANOS

Estudar para concursos não é a coisa mais fácil do mundo. Mas com planejamento, organização e estratégia é possível deixar nosso estudo muito mais produtivo. Por isso, hoje vou te contar TUDO sobre como EU estudei para concursos e o que me ajudou a ser aprovada no primeiro, com 19 anos, e no Supremo Tribunal Federal com 20 anos (onde trabalho atualmente)! VEM COMIGO!! 🙂

received_930197830372404

♥ DECIDINDO ESTUDAR

  • Decida estudar e vá ATÉ O FINAL! Primeiro, porque se você desistir antes de passar, você vai jogar todo o tempo gasto no lixo. Segundo, porque o tempo vai passar de QUALQUER jeito. Se passar com você estudando, no final estará com um ótimo emprego! Mas se você não fizer absolutamente nada, o tempo também vai passar e você estará no mesmo lugar.
  • Defina a sua motivação. A motivação é o combustível que nos move nos estudos! E ela é totalmente pessoal. Pode ser o salário, o reconhecimento, a jornada de trabalho, os benefícios do local, a segurança financeira ou tudo isso!hahaha Quando eu começava a desanimar pesquisava frases motivacionais na internet, me inscrevia em um aulão, ia estudar nas salas de estudo dos cursinhos lotados, conversava com alguém que já tinha passado, etc.
  • Não crie falsas expectativas. Provavelmente você não vai passar no primeiro concurso que fizer. Então não estabeleça prazos e metas sem antes se conhecer, fazer uma prova de concurso e conversar com pessoas que já foram aprovadas.
  • Reconheça os seus avanços. É triste ver pessoas que só percebem as derrotas. Você não passou nesse concurso mas olha o quanto evoluiu, quanta coisa aprendeu, como foi bem melhor que no concurso passado. Entenda que estudar para concurso é um PROCESSO. Você não sabe praticamente NADA mas para passar precisa saber MUITO de TUDO. E isso não acontece da noite para o dia! É preciso estudar, entender, relembrar etc.
  • Para de mimimi e estuda! Nós somos MUITO propensos a ter dó de nós mesmos, a deixar para amanhã o que temos que fazer hoje e a achar que não somos capazes! “Eu não vou conseguir”, “Mereço um descanso”, “Amanhã eu compenso” etc. Não se sabote!! Senta e estuda.

cats


 ♥ ORGANIZANDO

1) CANTINHO DE ESTUDOS:

Já falamos neste post aqui como montar o seu cantinho de estudos. E ele é ESSENCIAL para fazer os seus estudos renderem. Principalmente se você tem pouco tempo, ter TUDO o que precisa ao alcance (sem precisar interromper os estudos para ir buscar a borracha, por exemplo) te faz economizar muito tempo.

cantinho

@concurseiracapixaba

Se você estuda em casa, separe de 15 a 30 minutos ANTES de começar a estudar para saber se alguém precisa de algo (tipo mãe que SEMPRE precisa de nós quando estamos estudando). Depois disso, avise que vai precisar de algumas horas para estudar sem ser interrompido. Coloque uma plaquinha de “NÃO PERTURBE” na porta do quarto e escreva o período que estará estudando (ex: 13h às 16h). Parece exagero, mas não é! Ter alguém abrindo a porta toda hora atrapalha MUITO e, com o tempo, sua família já estará adaptada à sua rotina.

Se estuda em biblioteca/ cursinho, separe uma mochila com TUDO o que precisa para estudar. Tente deixá-la sempre pronta, para economizar tempo. Neste caso vale a pena comprar caneta, lápis, borracha específicos para o estudo para concurso. Assim você não correrá muito risco de ter esquecido a caneta porque emprestou para sua mãe fazer a lista de compras! hahaha

2) CRONOGRAMA:

Já falamos de vários modelos de cronograma neste post aqui.  Eu costumo montar o meu cronograma assim:

Separo toda a matéria do edital em tópicos e estudo um tópico por dia. Se você estuda mais de um período por dia (manhã e tarde / manhã e noite) você pode estudar mais de um tópico por dia.

  • Eu prefiro esse tipo de cronograma porque me ajuda a não demorar demais em uma matéria e deixar de ver as outras. Dessa forma eu consigo ver TODA a matéria do edital e consigo separar a semana da revisão.
  • Também prefiro deixar só um tópico por dia/período porque tento esgotar aquele tópico (ver TUDO o que eu conseguir), acho que assim fica mais organizado.
  • Outra dica é começar a estudar pelo mais DIFÍCIL (os tópicos mais complexos ou aqueles que você tem mais dificuldade). Porque sua motivação é maior no inicio e porque se algo lá na frente te impedir de estudar, vão restar só as matérias fáceis.
  • Claro que se você tem poucos dias e muitos tópicos, você terá que adaptar: colocar dois tópicos similares em um único dia, por exemplo.
  • Também tento ver todas as matérias na mesma semana. E, no domingo, costumo resolver uma prova da banca (porque assim, vou revisando as matérias e também vou entendendo como a banca “pensa”).

Então fica mais ou menos assim: cronograma


 ♥ ESTUDANDO

Eu SÓ consigo estudar por resumos. E já falamos deles neste post aqui.

Faço assim: Antes do edital, faço resumos BEM COMPLETOS dos principais tópicos (usando o último edital do concurso [anos anteriores] + o último edital da banca para um cargo parecido). Quando sai o edital, eu faço mapas mentais desse resumos e resolvo MUITAS questões do tópico que tenho que estudar no dia.

ex: Antes do edital do TCU, percebi que um tópico que podia cair era “Direito Administrativo: Licitação”. Então, li a Lei nº 8.666/93 que trata da licitação. Fiz pesquisa na internet, assisti algumas vídeo aulas e fiz um resumo BEM completo. Quando saiu o edital (realmente cobrava licitações), no dia de estudar Licitações, eu li o resumo, esquematizei o resumos em mapas mentais e resolvi entre 50 e 100 questões da banca Cespe sobre Licitações. Acelerou muito o estudo!

Se a prova tiver redação discursiva, eu separo os temas mais propensos a serem cobrados na redação (tem algumas matérias que são MUITO improváveis de serem cobradas em redação, como por exemplo Informática e Gramática; mas tem outras muito possíveis, como Administração Financeira e Orçamentária na prova do TCU). Depois que separei os tópicos mais propensos a serem cobrados, me forço a fazer uma redação. Porque isso funciona?

  1. Você aprende a improvisar. Eu NUNCA sabia como começar uma redação. Depois que me forcei a escrever várias, peguei mais confiança e hoje já tenho alguns “modelos” de introduções que costumo usar.
  2. Você aprende a matéria. Costumo pesquisar bastante o assunto e só depois escrever. E se tenho alguma dúvida, pesquiso de novo e continuo a escrever. Assim, se aquele tema cai na discursiva, eu já sei escrever sobre ele. Dessa forma, estudo para as questões objetivas também.

1) MATERIAIS

Eu estudo BASICAMENTE pela internet. Tem MUITO material bom! Se for estudar para uma área especifica, como as carreiras jurídicas, este método pode ser um ótimo complemento aos livros.

Faço normalmente assim: pego o tópico e jogo no google. Ai eu abro textos, pdf, imagens e vídeos. Tem muitas vídeo aulas gratuitas, aulas em pdf, mapas mentais etc. Sempre dou preferência para os materiais de sites governamentais, ou sites de concurso; mas nunca achei um material ruim ou que estivesse errado na internet. Ex: se você está estudando sobre a composição do STJ, vale a pena entrar no site do próprio STJ e dar  uma olhada nas informações que tem lá:

stj

Para conseguir mapas mentais já prontos, uso o próprio Google, o Instagram e o Pinterest. É ótimo para estudar e principalmente para revisar.ENTENDEU DIREITO OU QUER QUE DESENHE ???: ATOS ADMINISTRATIVOS

2) QUESTÕES

Para mim, o melhor site para resolver questões e provas de concursos anteriores é o qconcursos.com. Ele é bem completo e você consegue classificar as questões por banca, ano, cargo, instituição, disciplina, assunto, etc. Então, se  quer resolver só questões de crase de 2014 e 2015, do cespe, você consegue. Além disso, muitas questões têm comentários de professores e o site disponibiliza algumas aulas sobre aquele assunto. É ótimo!! É o site que eu mais uso!

3) CURSINHOS

Eu não sou adepta a cursinhos longos (aqueles de 3 meses e principalmente aquele de 1 ano inteiro).

Porque cursinho não vai fazer você passar! Você TEM que estudar sozinho. Nunca conheci alguém que só assistiu aulas e depois passou em um concurso. Então se você só tem 4 horas por dia para estudar, estude sozinho! “Ah, mas o cursinho dá um norte”.. É, mas ele vai gastar QUASE todo o seu tempo (e dinheiro) para isso: dar um norte. Então, não compensa se você não estudar sozinho.

Acho que você não tira o máximo proveito! É muito cansativo, nem todo mundo da turma está no mesmo ritmo e o professor passa a metade da aula contando sobre a vida dele. Você acaba perdendo tempo em um assunto que você já sabe e passando muito rápido por um assunto que você tem dificuldade.

Então o meu conselho é o seguinte: Se você está começando a estudar agora, estude sozinho por um tempo (tenha uma noção de todas as matérias, faça aquelas pesquisas na internet e faça bons resumos), depois perceba quais são as matérias que você teve mais dificuldade (você vai perceber que algumas são bem intuitivas, como Ética, por exemplo). Aí procure aulões ou cursinhos da matéria específica (ex: 8 sábados de Direito Administrativo ou uma tarde só de exercícios sobre Lei 8.122/90).

Há vários aulões gratuitos e outros com preços muito em conta (de R$30 a R$50). Mas o cursinho deve ser para complementar o seu estudo e não a forma como você estuda!

4) REVISÕES

A não ser que você seja um gênio, não vai conseguir lembrar de TODOS os pontos de CADA tópico, de CADA matéria, sem uma olhadinha antes da prova. Por isso, a revisão é MUITO importante! Separe de uma a duas semanas para a revisão. Faço assim: Estudo os mapas mentais que fiz (não é só ler. É necessário entender a matéria, tentar decorar os prazos, fazer assimilações etc.) e  resolvo uma prova da banca. Se a prova vai ter redação, aproveito para fazer algumas redações sobre os tópicos mais difíceis.

Para mim, a memória de curto prazo é a que melhor funciona. Por isso, sou daquelas que levam o resumo no dia da prova para rever prazos e fórmulas até o último segundo! hahaha


 ♥ FAZENDO A PROVA

Algumas estratégias que eu uso NA HORA de fazer a prova:

  • Sempre uso roupas confortáveis (deixe para usar aquela sapatilha LINDA que te aperta em outra ocasião!kkk).
  • Levo algo para matar aquela fominha chata; como um chocolate, uma barrinha de cereal ou algumas castanhas (não precisa levar um Big Mac!).
  • Normalmente, não vou dirigindo. É muito tenso conseguir estacionamento perto dos locais de prova e o trânsito SEMPRE fica caótico!! Se estressar com tudo isso só vai te atrapalhar. Sempre peço para alguém me levar.
  • NUNCA entro na sala com 1 hora de antecedência. IMAGINA você em uma sala sem fazer nada com a tensão a mil por UMA HORA! Então chego com um pouco de antecedência (uns 30 minutos) e sento embaixo de uma árvore ou fico dentro do carro dando uma revisada no conteúdo.
  • Também SEMPRE espero os 15 minutos finais para sair com o caderno de provas. Primeiro, porque dá para corrigir com o gabarito preliminar (ai eu já sei logo se fui péssima ou se tenho esperanças! hahaha). Segundo, porque dá para estudar a sua prova depois. Você consegue saber exatamente o que errou!

♥ PÓS PROVA

Depois da prova você PRECISA descansar a cabeça. Normalmente separo uma semana de “férias”. MESMO que você tenha outro concurso próximo, você precisa parar um pouco para descansar a mente, redefinir as estratégias, repensar o seu cronograma, ver o gabarito preliminar da prova, pesquisar algumas frases motivacionais, etc. Aproveite também para marcar de ver suas amigas ou ir ao cinema. Assim, quando você voltar a estudar na SEMANA seguinte (também não vai tirar UM MÊS de férias! hahaha), você vai estar com as energias recarregadas!

Também sou a favor de fazer vários concursos. Ex: Fez o TCU, tira uma semana de descanso e já foca no STJ. Porque diminui a ansiedade de ficar esperando o resultado final do concurso (aquele que demora uma eternidade para sair!). E se você não passar, não importa, já está focando no próximo!

 É isso, pessoal. Para passar em um concurso é preciso se conhecer, aprender a estudar e testar técnicas de estudos. É trabalhoso, mas vale MUITO a pena. Comecei a estudar no último ano do ensino médio e só fui passar 3 anos mais tarde (depois de 23 concursos). TUDO ISSO? Sim, mas são 3 anos de estudo para o resto da vida usufruindo do cargo público e da sua aposentadoria. E se você tem outras dicas, compartilha conosco nos comentários. Até a próxima! 😉

23 comentários sobre “COMO PASSEI NO MEU PRIMEIRO CONCURSO AOS 19 ANOS

  1. Amei esse post! Eu sou do tipo de pessoa que tenho muita vontade de estudar mas me falta foco. Porque eu acabo querendo um monte de coisas como ter um corpo legal engordar etc etc. Mas se eu for pra academia, não me sobra tempo pro estudo e fico naquele dilema. E quando tenho tempo, enrolo enrolo e acabo estudando muito pouco. E no final, não tenho nem o corpo legal nem o tempo de estudo devido. Fora o problema de dormir tarde e acordar mais tarde ainda. Nessa sua rotina de estudo, que horas costumava dormir para manter essa disposição?

    Curtido por 1 pessoa

    • Não é só você que enfrenta esses dilemas Aline! hahahaha. Então, como eu disse no post, eu sou uma pessoa que funciona melhor de manhã. Então acordava 6:00 da manhã, trocava de roupa e penteava o cabelo (ajuda a tirar um pouco a vontade de voltar para cama), tomava café da manhã e começava a estudar 6:30. Estudava a manhã inteira, almoçava, e estudava a tarde também (na época só estudava para concursos). A noite era livre (mas procurava assistir jornal [TV] para me manter atualizada nas provas que tinham atualidades). Então, dormia cedo (até 23h) porque estudar cansa MUITO a mente.

      Curtir

    • Mas a minha dica para você é: não sofra tanto! Defina sua prioridade e faça o outro como der. Ex: Estude BEM (80% do seu tempo livre) e faça 30 minutinhos por dia de exercícios físicos em casa mesmo (exercícios simples que vão te “ajudar” a, pelo menos, não perder massa. Ex:abdominais, agachamentos, afundo, etc.) Já fizemos um post sobre como malhar em casa. Dá uma olhadinha lá 🙂

      Curtir

    • Eu também tinha esse dilema. A minha solução foram baixar o aplicativo “7 minutes” e, antes de dormir, fazer os exercícios propostos nele. Tem dado certo. 😉

      Curtir

  2. Eu entrei no blog por acaso e adorei! Eu ainda faço faculdade, último período de direito. Metade do meu ano de 2015 ficou por conta da OAB, mas deu certo! E agora estou estudando para concursos e de vez em quando eu preciso ver uns posts inspiradores como esse para manter o foco! Muito obrigada, estou amando o blog

    Curtido por 1 pessoa

  3. Karen, adorei seu post. Eu estudo assim há algum tempo e adoooro fazer resumos, mesmo levando muuuito tempo, acho que facilita na hora da revisão e na resolução de questões. Obrigada pelas dicas, salvei o blog nos meus favoritos pra acompanhar os próximos capítulos, espero que tenha mais posts com esse conteúdo. Até mais, beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Nay. Que legal!! Eu também sou apaixonada por resumos (já leu nosso post sobre resumos?). Fico muito feliz que você gostou!! Com certeza terão outros post; ainda temos MUITO o que falar sobre estudos. Beijinhos e volte sempre!!! 😉

      Curtir

      • Já sim, inclusive todos relacionados a isso. Agora, estou aguardando ansiosamente novas atualizações 😂 Obrigada, beijos!!! Vocês são 10!!!

        Curtir

  4. Vi um pouco da sua motivação para estudar para concurso no nosso ensino médio e achava inspirador. Fico feliz que tenha alcançado o seu tão sonhado cargo público .
    E obrigada pelas dicas valiosíssimas.
    O blog de vocês é uma gracinha, adoro acompanhá-las.
    Um beijo

    Curtir

  5. Olá tudo bem? Amei o blog!!!! Gostaria de saber aonde você comprou aquele quadro magnético branco com calendário mensal? Estou procurando e não acho. Desde já agradeço. Beijos 😀

    Curtir

  6. Pingback: DESPEDIDA :( |

  7. Estou adorando seus post, muito legais! Por favor, faça um sobre os mapas mentais! Como fazer de uma maneira legal? Só dicas mesmo, como colocar as cores, até que ponto conceituar.. Ficarei aguardando 😉😚

    Curtir

  8. Amei seu post. Tenho 18 anos, estudo para concursos desde os 17. Sempre fui bem, mas nunca o suficiente para ficar dentro das vagas, algumas vezes ficando fora por um ponto. Depois de algumas decepções, estou repensando meus métodos de estudo, e esse post é o que eu precisava, Obrigada por me motivar! Parabéns pelas suas conquistas!

    Curtir

  9. SENSACIONAL!
    Obrigada por dividir sua experiência e conhecimento com humildade e querendo ajudar!
    Todo sucesso do mundo!!!
    Beijoos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s